Author Archives: Joao Madureira

«Francisco», for solo flute, by Adriana Ferreira at Conservatório Nacional (Lisbon)

At 9 p.m. this evening, at Salão Nobre of the Escola de Música do Conservatório Nacional, I have the honour of listening to the marvellous flutist Adriana Ferreira play my piece «Francisco» (2014).

Adriana Ferreira

Composed on texts from the Memories of Sister Lúcia on Francisco, chosen by the magnificent flutist João Pereira Coutinho, to whom this piece is dedicated.

“Memória”, para coro e acordeão, estreia em Fátima

03 de abril, 2016 15:30 – 16:30

Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Officium Ensemble, com direção de Pedro Teixeira.

Acordeão: Octávio Martins

“Tropário para uma pastora de ovelhas mansas”
Projeto que reúne seis compositores que trabalham sobre fragmentos das Memórias da Irmã Lúcia

A partir de um argumento próprio, cada um dos seis tropos reúne fragmentos das memórias escritas a Irmã Lúcia de Jesus e foram concebidos a partir de dois textos: memórias da Irmã Lúcia e Como vejo a Mensagem através dos tempos e dos acontecimentos.
De acordo com o coordenador do projeto de composição, Alfredo Teixeira, “em cada sequência, a narrativa conhece interpolações diversas, mas todos os elementos textuais incluindo os poemas criados ou recolhidos, têm origem nas fontes referidas”, sem que alguma coisa “seja acrescentada”.

Mais informações em: http://www.santuario-fatima.pt/pt/news/tropario-para-uma-pastora-de-ovelhas-mansas–estreia-em-fatima

Greeting, by JOP | ESML /08 | Kassel Festival 5/08

Screenshot 2014-08-02 23.56.40

ESML | Auditório Vianna da Motta – august 3rd 2014, 16h00

Kongress Palais Kassel – Stadthalle | Festsaal – august 5th 2014, 20h00

PORTUGUESE YOUTH ORCHESTRA | Pedro Carneiro

Program

João Madureira: Greeting

Robert Schumann: Symphony no.4 in D minor, op.120

Piotr Ilich Tchaikovsky: Symphony no.6 in B minor, op. 74, “Pathétique”

More information: jop.org.pt

 

Participação no lançamento da grande exposição de Guimarães «M. G. Llansol: O encontro inesperado do diverso», Centro Internacional das Artes José de Guimarães

damos conta da grande exposição de Guimarães «M. G. Llansol: O encontro inesperado do diverso», que ficará no Centro Internacional das Artes José de Guimarães até 12 de Outubro.

Sobre Llansol, Ilda David’ e Bach

A propósito do lançamento de Lisboaleipzig, de Maria Gabriela Llansol, com ilustrações de Ilda David’, falei na passada quarta-feira na Assírio & Alvim do Chiado, de um triângulo que me é particularmente caro: Llansol, Ilda David’ e Bach. O texto pode ser lido no Espaço Llansol: http://espacollansol.blogspot.pt

CCB – ‘Estudos Literários para piano’

CCB – ‘Estudos Literários para piano’ de João Madureira Ana Telles, piano
Sábado 3 Mai 2014 – 18:00 CCB
Sala Sophia de Mello Breyner

Programa

João Madureira
“Estudos Literários – Retratos”
   I. Cristiana
II. Ana
III. Carlos
   IV. António
   V. Eurico
   VI. Ivan
   VII. Morton
   VIII. A.H.
   IX. Marta

Sergei Rachmaninov
Estudos Quadro, op. 33
I. Allegro non troppo
II. Allegro
III. Grave – Meno mosso
IV. Allegro 
V. Moderato
   VI. Non allegro – Presto
VII. Allegro con fuoco
VIII. Moderato
IX. Grave

É já amanhã!

 

“Alémfado” resulta da encomenda feita pelo pianista João Vasco e pelo Museu do Fado a oito músicos portugueses do universo do Jazz e da música erudita/contemporânea. O desafio proposto foi o de recriar, para piano solo, uma compilação de fados retirados do grande repertório deste género e duas obras para guitarra portuguesa de Carlos Paredes. Ao músico e compositor Mário Laginha propôs-se ainda a criação de um fado original. Após apresentações em Portugal, Brasil e Alemanha, e em sintonia com o carácter de transversalidade que alicerça este conceito desde a sua génese, sugerimos agora a ampliação deste “olhar contemporâneo” sobre o Fado através da imagem. O recital é agora acompanhado pela projecção de um vídeo com imagens de Lisboa, desvendando a beleza que o seu semblante mais nostálgico encerra e redescobrindo os bairros mais típicos da cidade, cuja história se confunde com a própria história do Fado.

 

Já apresentado, total ou parcialmente, em Portugal, França, Alemanha e Brasil, “Alémfado” teve o patrocínio exclusivo do Museu do Fado, onde foi estreado em 2010.Cremos que a (porventura) ousadia de recriar obras musicais de estilo tão forte e vincado, dotando-as de um carácter conceptual, processual e interpretativo próprio dos universos do jazz e da música erudita/contemporânea e ilustrando-as com as cores de Lisboa, poderá representar mais um passo no sentido da transversalidade artística plena, sem dúvida valência maior no desenvolvimento cultural das próximas décadas.

 

Obras de: João Madureira, Vasco Mendonça, Pedro Faria Gomes, Ruben Alves, Eduardo Jordão, Ian Mikirtoumov, Mário Laginha

ALEMFADO LX BRX div