Aquivos por Autor: CatarinaClement1

Missa de Pentecostes – 9 de Junho 2019, 11h30

Local: Capela do Rato (N.ª Sr.ª da Bonança), Lisboa

Na escuta da voz interior do Espírito, a Igreja de Cristo e cada cristão continuamente se reinventa. O Pentecostes é a sua fonte permanente de inspiração da vida cristã. Com beleza e alegria, a Comunidade da Capela do Rato vai celebrar a Solenidade do Pentecostes na Eucaristia. Durante a celebração será interpretada pelo grupo musical Sete Lágrimas a Missa de Pentecostes (conjunto de peças do cânon litúrgico) que o compositor João Madureira compôs para este dia e que dedicou à Comunidade da Capela do Rato. Será uma forma de partilha no agradecimento ao Espírito pelo dom da inspiração e da criatividade.

Ver: link

Concerto Promenade

Concerto Promenade – 5 de Maio de 2019, 16:00 , nave da Colecção Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian.

Apresentação de Encontro (2000), para flauta e piano, por David Silva (flauta) e Philippe Marques (piano).

SOND’AR-TE ELECTRIC ENSEMBLE – O’culto da Ajuda, 30 de Março

Amanhã, no O’culto da Ajuda, sob a direcção do maestro sueco Petter Sunkvist, o Sondar-te Electric Ensemble apresentará mais um concerto.

Programa:
Chant d’Ailleurs – Alejandro Viñao
Too, Toc, Toc – João Madureira
(ThS)inking Survival Kit – Miguel Azguime

Petter Sundkvist – direcção

Frances M. Lynch – voz

Miguel Azguime – narrador

Silvia Cancela – flauta

Nuno Pinto – clarinete

Elsa Silva – piano

Vítor Vieira – violino

Filipe Quaresma – violoncelo

Pedro Tavares – percussão

Miso Studio electrónica em tempo real

Estreia mundial de “Requiem pela Aurora de Amanhã” – Sexta-feira, 20 de julho

A 44.ª edição do festival marca 100 anos após o fim da Primeira Guerra Mundial. “Requiem pela Aurora de Amanhã” é uma obra encomendada a João Madureira sobre o tema da guerra e a afirmação da esperança no Homem.

Sexta-feira, 20 de julho | 21h30
Claustro do Mosteiro dos Jerónimos

Orquestra Metropolitana de Lisboa
Voces Caelestes
Pedro Neves, maestro
Sérgio Fontão, direção
António Rosado, piano
José Tolentino Mendonça, texto e narração

Debussy | Prélude à l’après-midi d’un faune
Ravel | Concerto en ré majeur, pour la main gauche
João Madureira | Requiem pela Aurora de Amanhã *

Para mais informações sobre o Festival, visite o site ou faça download do programa!
Os ingressos podem ser encomendados on-line na Ticketline ou localmente (uma hora antes do concerto).

Estreia Mundial de “Arco para Pärt” – Domingo, 27 de Maio

Data: Domingo, 27/05/2018 |19:30
Local: Culturgest – Foyer das Galerias, Lisboa

Por ocasião da temporada Ensemble Darcos, um mosaico da nova música portuguesa contemporânea, no qual se inclui a nova obra de João Madureira, “Arco para Pärt”, será apresentado na Culturgest.
Esta nova obra musical será interpretada pelo Ensemble Darcos e dirigida pelo maestro Nuno Côrte-Real.
Para mais detalhes sobre este concerto, visite o website da Culturgest.

Concerto Promenade: Homenagem a Ana Hatherly – 5 de Novembro de 2017, 16:00, Fundação Calouste Gulbenkian

Concerto organizado no âmbito da programação complementar da exposição «Ana Hatherly e o Barroco. Num Jardim Feito de Tinta.», com curadoria de Paulo Pires do Vale.

Programa

Louis Couperin

Prélude non mesuré en Fa majeur (n.13)

João Madureira

A.H. (Estudos Literários – Retratos, 2012)

Carlos Seixas

Concerto em Lá Maior para Cravo e Orquestra de Arcos

João Madureira

Três Momentos para Ana Hatherly (2003, encomenda da Culturgest)

Henry Purcell

Dido and Aeneas: Lamento de Dido

João Madureira

Noite (2010, encomenda do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa)

 

 

Fundação Calouste Gulbenkian

5 de Novembro de 2017, 16:00

Entrada livre

 

Orquestra Gulbenkian, dirigida por Cesário Costa

Cândida Matos, cravo; Ana Telles, piano; Rita Marques, Soprano; Margarida Hipólito, Soprano; Suzana Borges, Recitante

Concerto: amanhã, sexta-feira, 24, às 21.30, na Biblioteca Nacional!

É já amanhã, sexta-feira, 24, na Biblioteca Nacional De Portugal, em Lisboa, às 21.30!

Concertos para um poeta: Ruy Belo
Orquestra Metropolitana de Lisboa
J. Madureira Greeting
J. Madureira Ce Funeste Langage (orq. Pedro Amaral)
J. Haydn Sinfonia n.º 6, Hob.I/6, A Manhã
Maestro: João Paulo Santos

Antes do início do concerto que a Orquestra Metropolitana de Lisboa lhe dedica, serão ditos alguns dos seus poemas por António Mega Ferreira.

Estreia mundial de “Magnificat ou a insubmissa voz” – Terça-feira, 28 Outubro

No âmbito da exposição “Visitação. O Arquivo: memória e promessa”, vai decorrer um concerto na Igreja de São Roque, no dia 28 de outubro, às 21h30, integrado nas comemorações dos 516 anos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Neste concerto, que conta com a participação do Officium Ensemble, sob a direção do maestro Pedro Teixeira, será interpretado, em estreia mundial, o “Magnificat ou a insubmissa voz”, peça musical composta, em 2014, por João Madureira, sob encomenda da Misericórdia de Lisboa.


PROGRAMA

1. Audivi vocem, Duarte Lobo (c.1565-1646)
2. Commissa mea, Estêvão Lopes-Morago (c.1575 – c.1630)
3. Ave Maris Stella, Estêvão Lopes-Morago
4. Magnificat Primus Tonus (et Exsultavit), Filipe Magalhães (c.1571-1652),
em primeira audição moderna
5. Magnificat, ou a insubmissa voz, João Madureira (1971), em estreia mundial
Concerto interpretado pelo Officium Ensemble, dirigido por Pedro Teixeira